SUBIR

Novas Gerações

Você está em: Home » Novas Gerações

Intercâmbio de Novas Gerações (NGSE)

Tem os mesmos objetivos dos demais programas de intercâmbio já desenvolvidos por Rotary International. O que leva o Rotary a patrocinar intercâmbios desta natureza é o desejo de proporcionar oportunidades para que o jovem crie laços afetivos internacionais, adquira conhecimentos gerais e diferenciados e assim diminua as distâncias culturais entre as nações, promova a paz e a compreensão mundial.

Na modalidade de Novas Gerações, com jovens de idade entre 18 a 30 anos, busca-se oferecer além das experiências das relações entre culturas diferentes, aproveitar a oportunidade para a troca de experiências de jovens em formação profissional, cuja maturidade possa contribuir para uma maior disseminação dos conceitos elencados acima, aproveitando esta experiência para, também, contemplar a troca de conhecimento sobre o objeto de formação profissional do intercambista.

O Intercâmbio de Novas Gerações não é um programa de estágio. É um intercâmbio que visa proporcionar relações entre pessoas, culturas e, na medida do possível, algum desenvolvimento profissional. Como todos os demais programas do Rotary International, o NGE é cercado de muitos cuidados.


Elegibilidade

Não há vaga previamente oferecida, TODOS OS ENVOLVIDOS – comitê distrital, clube local e candidato, devem buscar construir uma parceria para desenvolver UM PROJETO. Como os jovens são de 18 a 30 anos, o Distrito 4440 definiu em face das possibilidades de troca de experiências profissionalizantes, que o jovem candidato TEM que ser estudante, e ter pelo menos 50% de sua faculdade concluída na data da viagem, a princípio para conseguir formular conceitos profissionais e intercambiar algum conhecimento. Diante da idade possível, de até 30 anos, alguns já poderiam ter concluído a Universidade, assim será exigido que estejam vinculados a uma pós-graduação em curso na data da viagem.

O vinculo com a Universidade foi uma opção do distrito 4440 para que exista uma relação de responsabilidade, com comprometimento de continuidade do projeto em nosso país, e documento forte que AJUDA no pedido de VISTO, e reforça a necessidade de RETORNO AO BRASIL. O jovem nesta idade tem perfil de Universitário concluinte ou já concluído, e esse é o mesmo perfil do jovem MIGRANTE, e muitos já tiveram o intercâmbio impedido por recusa de visto, frustrando todos que trabalharam para arrumar o intercâmbio, famílias hospedeiras, estágios e tudo o mais, e na hora “H” o intercâmbio não saiu por falta de visto. Também não queremos correr o risco de transtornos internacionais, com o prolongamento do intercâmbio, depois que o jovem está no exterior, por razões não previamente definidas.

Outra coisa que foi considerada é que o Intercambio deve ocorrer de forma a não atrapalhar os estudos na Universidade, e assim sendo deve ser feito nas férias, portanto em CURTO período. Avaliamos também quanto a receber uma inscrição de alguém com a Universidade concluída, e chegamos à conclusão, que pode ser mais válido um bom emprego a quem já se formou, que talvez um período CURTO no exterior.

Prevemos que as inscrições preliminares, envio de application e projeto de intercâmbio, devem começar com muita antecedência, mais ou menos um ano antes. Desta forma o jovem candidato ao intercâmbio uma vez formado, poderia desistir do intercâmbio depois de tudo arranjado. Portanto, vamos dar preferência para os jovens que estejam na época do intercâmbio no terceiro ou quarto ano, ou mesmo que estejam no quinto ano, mas já matriculados ou cursando pós-graduação.

É importante lembrar que esse tipo de intercâmbio é de CURTA duração, e voltado a alguma pratica profissional, portanto não é um intercâmbio para APRENDER a língua e sim para praticar o que já sabe, podendo trocar idéias sobre seus estudos e futura profissão. Logo o candidato TEM que ter fluência na língua do país que pretende se candidatar, ou no mínimo em inglês, que deverá ser uma língua de fácil comunicação no país que tem como objetivo.


Custos do programa

O programa é totalmente administrado por associados de Rotary Clubs, e os custos variam dependendo do Distrito rotário e país onde o intercâmbio ocorre. Veja nos clubes Habilitados de sua região a estimativas de custos para o Programa de Intercâmbio de Novas Gerações. De um modo geral, os estudantes devem cobrir as seguintes despesas:

  • Passagem aérea de ida e volta.
  • Seguro de viagem que cubra despesas médico hospitalares em casos de acidente ou doença e que atenda aos requisitos dos clubes e distritos que enviam e recebem os participantes.
  • Os documentos de viagem, tais como passaporte e vistos.
  • Dinheiro para despesas gerais, passeios e excursões.


Como se inscrever

Os Intercâmbios de Jovens são administrados localmente e todos os candidatos devem ser patrocinados por um Rotary Club ou distrito rotário 4440. Rotary Clubs estão presentes em várias localidades de nosso Distrito 4440. Veja nesse site a relação de clubes habilitados a patrocinarem estudantes para o intercâmbio de jovens.